Seguidores

domingo, 10 de julho de 2011

Proteja seus pets do mau hálito



Os donos de cães e gatos que não dispensam um beijo carinhoso de seus pets bem sabem o bafinho não muito agradável que eles manifestam. Mas ao contrário do que muitos imaginam, não é normal que os animais tenham mau hálito. O problema é causado, em 90% dos casos devido à falta de higiene bucal, o que leva ao surgimento da placa bacteriana e tártaro nos dentes. De acordo com o médico veterinário Roberto , especialista em odontologia, “apenas animais com algum problema bucal vão apresentar o mau hálito” e para evitar danos maiores, o ideal é que os pets tenham seus dentes escovados diariamente.

Além da escovação, o especialista também recomenda o uso secundário de produtos específicos para a limpeza dos dentes, como biscoitos, rações, brinquedos e até mesmo medicamentos que podem ser colocados na água do animal. Fecchio lembra que mesmo assim a escovação diária é fundamental, já que as bactérias levam em média 24h para se formarem. “A placa bacteriana se forma em decorrência de organismos que se unem à saliva e restos de alimento e grudam nos dentes. Essas bactérias fermentam, soltando gases, responsáveis pelo mau hálito. Para evitá-las, só com escovação, e desde filhotes”.

Mais do que prevenir o mau hálito, escovar os dentes do pet também evita o tártaro, ou a doença periodontal, infecção grave que, apesar de não ter cura, pode ser controlada com antibióticos. Ela facilita a entrada de bactérias na corrente sanguínea, que por sua vez, chegam ao coração do animal, rins, fígado, entre outros órgãos, sem falar na perda progressiva dos dentes. Nesses casos, o especialista explica que é preciso utilizar medicação, além da retirada imediata do tártaro dos dentes do pet.

Um comentário:

  1. muito interessante adorei vou começar a seguir passo a passo...

    ResponderExcluir